Tragicomedy….

Posted in Trash for thought on Novembro 3, 2010 by trashthoughts

Muitos bons dias caros amigos….

Ora, decidi escrever um breve post acerca dum tema que li há uns tempos e não posso deixar de comentar, quanto mais nao seja pelo facto de ser uma noticia que aborda um tema que eu já referi há uns posts atrás (mais especificamente em: https://trashthoughts.wordpress.com/2008/01/10/primal-rage/).

Ora então, a noticia que li pode ser encontrada em (http://nyti.ms/bpuJ15). Parece que o “Nostradamus” que reside ca dentro se revelou com 2anos e tal de antecedência… e começou por prever o fim tragicómico do dono da Companhia que produz o afamado aparelho!

A melhor parte do artigo é a que diz, e passo a citar: “(…) James W. Heselden, (…) accidentally steered the Segway off a 30-foot cliff and into a river. (…) The exact cause of death is not yet established, the police said.

Vou repetir: “The exact cause of death is not yet established, the police said.”

Felizmente eu, que tirei um curso de investigação criminal por correspondência, vou já resolver o caso e poupar anos de trabalho aos investigadores……………………………………………. O HOMEM CAIU DUMA RAVINA PORQUE ESTAVA A CONDUZIR UMA ENGENHOCA DO DEMO!

Pronto, basicamente era isto que queria expor….

vamos lá à sugestão musical

Lamb of God – The Subtle Arts of Murder and Persuasion

An e-mail from a forgotten near-past

Posted in Trash for thought on Agosto 13, 2010 by trashthoughts

Ora muitos bons dias caro leitor,

Torno a pegar no meu blog que já passou por dias (semanas/meses) mais activos…

Ora e qual a melhor forma para voltar a por a escrita em dia? Eu respondo: “NÃO ESCREVENDO!”

Assim sendo, o melhor a fazer é seleccionar texto e fazer um copy + paste!

Ontem encontrei uma pequena relíquia escrita por mim há uns anos atrás… dia 2 de Abril de 2004 e decidi partilhar com o caro leitor… Julgo que não é preciso explicar nada de especial. Digamos que um dia, quando estava a ir pra férias, ao passar por Lisboa, captei uma estacão de rádio em q estava a dar Metal bem Pesado e fiquei fã imediatamente. A estação chamava-se Radio Marginal e decidi entrar em contacto com eles uns tempos mais tarde!

Cá vai atom o mail que lhes mandei (estou neste momento a fazer copy paste):

Os meus cumprimentos….

Chamo-me Miguel, sou do Porto e gostaria de por algumas questões à direcção da rádio Marginal…

A primeira vez que ouvi a rádio Marginal, estava de viagem em direcção ao sul de Espanha e por sorte o rádio captou a vossa estação. Fiquei impressionado com a qualidade de música que passava isto porque na concorrência até a altura, não tinha ouvido em qualquer outra estação concorrente, o tipo de músicas que ai passaram durante os momentos que ouvi a vossa estacão… (nem mesmo a estação que se apelida de “Best Rock” – que na minha opinião não podia estar mais longe dado a degradação na qualidade das playlists que vão passando – passa som tão bom como o vosso)

Portanto, como sou do Porto e obviamente, não tenho acesso via rádio à vossa estação, o que gostaria de perguntar e o seguinte: Para quando uma emissão on-line “non-stop” disponível no vosso site? Acho que o número de fãs da vossa estação iria aumentar de forma significativa dada a crescente popularidade do som que passam na vossa estacão…

Renovo os meus cumprimentos


E eis a resposta deles…

Caro Miguel,

Deduzo pelo seu email que ouviu a Marginal há mais de 6 meses. Isto porque a Rádio Marginal mudou de formato, deixando o Rock, passando a ser uma Smooth Jazz Radio, a primeira do género em Portugal.

De qualquer forma agradecemos o elogioso email e convidamo-lo a ouvir a nova Marginal em 98.1 fm.

Quanto à questão do Online, ainda não há previsão para a resolução desta questão.

Gratos pela atenção.

Com os melhores cumprimentos,

M

(Sim, o mail deles ficou a rosa, pq ver uma estacão de radio passar de Metal Pesado para Smooth Jazz é extremamente Gay)

Smooth Jazz Radio?? “A primeira do género em Portugal”?? E orgulham-se de tal???

Esperemos que tenha sido a “primeira do género em Portugal” a levar com um missil desviado do Irão e a ser transformada em depósito de caganeira animal!

Por hoje é tudo.

Sugestão musical:

Lamb of God – Reclamation (Esperem pelo minuto 3:30 para um dos arranques mais potentes que eu ja ouvi numa musica de metal!!)

How boring is it to take a dump???

Posted in Trash for thought on Outubro 14, 2009 by trashthoughts

shitting

Ora então boas tardes….

Venho neste momento chamar a atenção para um facto que todos nós, cada vez mais damos conta, mas que poucos têm coragem para falar…. Mais uma vez vou ter que ser eu a abrir o precedente e começar a chamar a atenção para este pequeno pormenor do nosso quotidiano.

Que é o que se segue….

Quantos de nós já fomos ao WC e nos esquecemos de levar algum tipo de entretenimento para o WC quando vamos cagar?? Hum?? Aposto que todos nós, em algum momento, nos sentamos no trono de porcelana prontinhos para largar a carga ao mar e de repente temos um ataque de pânico quando uma das seguintes situações ocorre:

  • Não há material de Leitura por perto;
  • O telemóvel está sem bateria;
  • O computador portátil está sem bateria;

E o que acho mais interessante é que o ataque de pânico criado pelas situações supra-referidas são muito mais violentos que o mini-ataque de pânico criado quando vemos que não temos papel, o que conduz a que muito boa gente, de respeitável status social, se veja obrigada a andar com as calças à volta dos tornozelos, de cu no ar, na pose de corcunda de Notre Damme, vagueando pela casa à procura do carregador do telemóvel para poder jogar joguinhos enquanto está a cagar.

Mas há pior… quantos de nós não estivemos tão entretidos a jogar joguinhos no telemovel (quando devíamos estar concentrados a cagar) que, quando demos por ela, as pernas já estão dormentes?

Enfim, tudo isto porque não nos apercebemos do quão SEEEEEECAAAAAAA é, ir arrear o calhau… aliás… um estudo cientifico, que eu inventei, diz que 93% das gravuras rupestres situam-se exactamente nos cagatórios pré-históricos dos nossos antepassados…

… e pronto, acho que por hoje já está tudo…. por isso, vou fazer o upload deste post e tratar de vida, porque já estou com as pernas dormentes e a minha irmã já está lá fora a espera de vez há 45minutos

Sugestão musical:

Slipknot – Vendetta!

Neckinho… 1993-2009

Posted in Trash for thought on Setembro 6, 2009 by trashthoughts

Dezembro de 1993 foi quando nasceu o ser de 4patas que mais contribuiu para a minha felicidade…. com 11anos de idade, vi parar nas minhas mãos, por intermédio dos meus avós, um cãozinho rafeiro com uns mesitos de idade (mistura de Caniche e Yorkshire) de orelhas no ar, irrequieto, ou melhor, completamente hiperactivo, que passou a ser a alegria da casa, arrendando, de imediato o maior espaço no meu coração…

…. e 15anos depois nada tinha mudado…

4 de Setembro de 2009, o meu “Orelhas”, o meu “Cubinho”, “olhinho de prata”, “Maninho”, “mai lindo do mundo”…. o meu Neckinho partiu! Apesar de progressivamente, me ter mentalizado que 15anos de vida para um cão, é realmente muito, não podia ter sido apanhado mais desprevinido, tendo-me visto, nesse dia, desprovido de uma das maiores alavancas para a felicidade e alegria…. vejo-me agora com um grande vazio, que apenas posso preencher com quase 16anos de lembranças e recordações de alguém –  sim “ALGUÉM” – com um papel tão importante durante mais de metade da minha vida….

Este post e o video que se segue, no entanto, não é um lamento, mas sim uma celebração da vida do Neckinho…..

Até um dia destes maninho……

If Newton Had a Dog……………………

Posted in Trash for thought on Abril 21, 2009 by trashthoughts

 

..... hum???? a merda não devia estar a subir??

..... hum???? a merda não devia estar a subir??

Ora, tava eu no outro dia a passear um dos meus cães e de repente reparo que um deles está a dar a sua caga… e antes de continuar, gostaria de saber o que pensam os cães enquanto estao naquela tão familiar posicao de Yoga… Eles parecem tão envergonhados e arrependidos, a pensar “Eu não queria estar a fazer nada disto aqui a frente de tanta gente… mas da ultima vez que presenteei os meus donos com os meus melhores croquetes caseiros em cima da melhor tapeçaria deles, levei com o jornal enrolado…………………….num taco de baseball!!”

Mas adiante… então estava eu a passear os bichos e ao ver um dos meus cães a cagar pensei… por que raio é que  o Newton precisou que uma maça lhe caísse na cabeça para se lembrar que existe gravidade e para começar a fazer as suas formulas físicas?? Se ele tivesse um cão como os meus veria os cagalhões a cair lá do alto e a fazer “poft!” e certamente se lembraria de começar a pensar na fórmula da gravidade e tal….

 E porque é que ele não se lembrou da gravidade sempre que ele próprio cagava??? Ou andaria ele sempre de fralda porque pensava que se se sentasse para cagar a merda lhe subiria pelas costas acima rumo ao céu??

São questões pertinentes que gostaria de ver respondidas….

 

 

Sugestões Musicais:

 Drowning Pool – Bodies (Um pequeno remember!)


 

Pantera – 5Minutes Alone (A minha música pra despertar)

Remebering a classic

Posted in Trash for thought on Março 8, 2009 by trashthoughts

labohemiantop

Ora muito boas tardes meus caros.

Hoje estava a ver um programinha na TV sobre um dos grandes clássicos da musica internacional. Fugindo um bocado à temática musical que eu tenho vindo a estabelecer aqui no belogue, gostaria de relembrar um clássico que se vai perdendo  no tempo, mas que historicamente tem vindo a ser ressuscitado por filmes ou por novos lançamentos de “Best of”s e até mesmo por artistas que tentam fazer a sua versão da musica com uma batida hip-hop por trás, o que, a meu ver me parece ser quase sacrilégio, mas não deixa de provar a intemporalidade de certas musicas.

Refiro-me, portanto, à “Bohemian Rhapsody”.  Uma musica composta pela banda Queen em 1975 e que contém uma autentica mescla de estilos (ao integrar desde Ópera até ao Hard Rock, daí se justificar perfeitamente o termo “rapsódia” no titulo da musica) que entram no ouvido de todos os fãs de estilos de musica diferentes. Já muito foi dito sobre ela e eu não sou nada qualificado para exprimir uma opinião sobre um dos maiores clássicos da musica. Assim sendo “I’ll let the music do the talking”.

Sem mais delongas

Bohemian Rhapsody

Bohemian Rhapsody (versao Wayne’s World)

 

“FATE, IT SEEMS, IS NOT WITHOUT A SENSE OF IRONY”

Posted in Trash for thought on Fevereiro 27, 2009 by trashthoughts

irony

Ora bem meus caros, para todos akeles q esperavam ansiosamente pelo video da destruição do meu antigo PC, vão ter que esperar mais um coto… Este post deve-se a um conjunto de histórias que tem ocorrido na vida dos Jet7 norte-americanos…

Ora, entao, para contextualizar o caro leitor, ca vai um video de uma musica (NOJENTA!!!) que ouvi hoje a tarde…

——-> http://www.youtube.com/watch?v=HA7XIc36sXs <——–

Ja todos vomitaram? Prontes, continuando… Devem ter reparado na atitude “Eu é que sou…” ou “Eu é que mando nisto tudo.. olha olha olha.. aqui o mundo a cair aos meus pés!!” bem escarrapaxada nos maneirismos da vocalista… Alem disso a musica, em traços gerais, fala de um gajo que traiu a vocalista e ela n está nada impressionada… assim sendo, como a rapariga é um ser superior a essas coisas, trata o gajo com toda a indiferença do mundo, deixando-lhe um mega poio fumegante na cabeça. De louvar a atitude…… mas isto é em filme!

A realidade, meus caros, é bem mais divertida….

(e aki é que entra o titulo deste post……)

Como diria Morpheus: “Fate, it seems, is not without a sense of irony“. Sucede que, há uns dias, a Rihanna estava no carro do seu namorado – um outro artista de elevadissima qualidade (OU NÃO!) – e ao reparar que o namorado recebeu uma sms duma outra rapariga, a Rihanna com toda a superioridade e indiferença que tanto mostrou nakele videozinho, pegou nas xaves do carro do namorado e atirou com elas para o tao conhecido (mas impossível de localizar) “Cu do Judas”!

Ora o resultado é o que se constata em baixo!

 

Ouch

Ouch

 

 

…………………………. ou entao foi tudo uma farsa e a realidade é que a Rihanna serviu o jantar ja frio ao namorado!

 

Disclaimer – O(s) autor(es) do Blog “Trashy thoughts” NÃO apoia(m), de forma alguma, qualquer tipo de agressão conjugal…… no entanto, tal não impede de axar alguns relatos bastante cómicos…………………….. de ir às lágrimas até!

 

Sugestão musical:

 

 “Moonspell – Finisterra” (soa mt mt mt melhor ao vivo no rock in rio… LINDO!)

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.